Leitura gostosa: A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista

Image

Hoje resolvi escrever sobre um livro, pois ando lendo desenfreadamente! Nada como poder contar com um livro para nos aconchegar em um mundo diferente do nosso, experimentar algo novo sem sair da nossa rotina. 

Li The Statistical Probability of Love at First Sight, por Jennifer E. Smith, ontem. Em um só dia, foi uma leitura gostosa e rápida. Passei o dia lendo, é claro, um domingo preguiçoso e bem aproveitado. 

Meu primeiro contato com o livro foi vê-lo nas livrarias por aqui, com a Júlia do blog, e ela comentou que já ouviu falar que era um bom livro. Meu segundo contato foi assistindo um vídeo do John Green no canal Vlogbrothers, onde ele comenta que a nerdfighter Jennifer Smith escreveu este livro e que ele adorou. Foi suficiente para me convencer, consegui o livro para ler no iPad e me comecei assim que pude. 

O livro conta a história de Hadley Sullivan, que está sendo obrigada a ir ao casamento de seu pai com uma mulher, a qual ela nunca conheceu, em Londres. No dia do vôo, ela tem diversos atrasos em seu horário e acaba perdendo seu vôo por alguns minutos. Ela consegue um vôo três horas mais tarde e precisa esperar no aeroporto JFK, exasperada, querendo e não querendo ir ao mesmo tempo. Lá, encontra Oliver, um rapaz britânico simpático e com ótimo senso de humor. Os dois se dão bem e passam o vôo conversando e confortando um ao outro. 

Vou parar de descrever a história por aqui para não falar demais, porque acho que já acabei falando um bocado além do que deveria. A história é curta, as melhores partes são os diálogos entre Hadley e Oliver. Suas brincadeiras e descobertas são tão envolventes, durante o vôo nos sentimos como um passageiro que está só observando e ouvindo o jovem casal. Apesar de só se conhecerem por algumas horas, parecem se entender tão bem que aparentam já serem um verdadeiro casal. 

A história cativante, a personalidade forte de Hadley, o mistério da família de Oliver, em conjunto fazem esse livro conquistar. É o tipo de livro que é difícil parar de ler, que devoramos por inteiro.

Como John Green mesmo já recomendou, estes são meus ‘2 cents’ e nada mais! Amei e achei uma leitura super light, apesar de ter uns tópicos mais tensos. 

Amei o livro e recomendo muito, mesmo! Se puder, confira este livro meigo e interessante.

Anúncios

Publicado por

Amanda Braz

Professora de inglês, fotógrafa, publicitária, estudante de SI, apaixonada por cores. Sou de tudo um pouco. Addicted to: fotografia, design, arte, moda, livros, filmes, seriados, música, tumblr... enfim, tudo que é divertido e interessante!

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s