O Teorema Katherine

o-teorema-katherine-john-green-literatura-r7-450

O Teorema Katherine

Autor: John Green

Editora: Intrínseca

304 páginas

Sinopse

” Colin conhece Katherine. Katherine gosta de Colin. Colin e Katherine namoram. Katherine termina com Colin. É sempre assim.

Após seu mais recente e traumático pé na bunda, o Colin que só namora Katherines resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-garoto prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, com pura matemática, o desfecho de qualquer relacionamento.

Uma descoberta que vai entrar para a história, elevando Colin Singleton diretamente ao distinto ponto de gênio da humanidade. E também, é claro, vai ajuda-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera “

Opinião

Eu achei o livro muito gostoso de ser lido. É o tipo de leitura que você pode fazer depois de ter lido um livro pesado ou uma biografia mais densa porque a leitura é bem fluida e você lê o livro em poucos dias. Na verdade eu li ele em uma semana, mas foi por falta de tempo mesmo que eu demorei tudo isso pra terminá-lo. É um daqueles livros que você consegue terminar em 2 dias tranquilamente.

Além disso, o livro é recheado de notas de rodapé muito divertidas que explicam algumas situações e às vezes traduz algumas palavras

Achei bem legal ter um protagonista masculino, pois a verdade é que na grande maioria dos livros, temos a protagonista feminina. Amei o Colin e toda a sua “nerdice” de quase que decorar livros, saber tudo sobre tudo e claro, fazer anagramas para todas as palavras ou frases que lhe são ditas. E acho que a versão traduzida para o português teve uma certa dificuldade em traduzir essa parte, mas acho que no final das contas, acabou fazendo sentido (não tenho como falar da versão em inglês, porque eu não tenho ela… :/)

Na verdade, não teve nenhum personagem do qual eu não tenha gostado. Todos têm a sua singularidade e todos são bem divertidos.

E claro, se eu já estava morrendo de curiosidade de ler “A Culpa é das Estrelas”, agora, mais do que nunca quero lê-lo. Só não vou ler logo em seguida, pelo simples fato de não querer ficar triste, porque todo mundo que lê acaba chorando no meio do livro e eu não estou preparada ainda…( pra vocês terem uma idéia, eu não terminei Marley&Eu porque sabia que eu ia chorar horrores…dhuaihudia )

Curiosidades:

–  O Teorema Katherine foi escrito pelo John Green antes de A Culpa é das Estrelas, apesar de ter sido lançado aqui no Brasil na ordem inversa. Por isso, algumas pessoas falaram que a narrativa do John Green ainda era um pouco crua e que no livro A Culpa é das Estrelas, ele acabou melhorando bastante sua técnica.

– O livro foi escrito logo após o autor John Green ter levado um fora da namorada.

– O nome do protagonista tem vários significados. “Colin” pode ser associado ao verbo to call (calling = ligando) que significa “ligar,telefonar”. E “Singleton” pode ser observada a palavra “single” que para mim tem dois significados: “single” no sentido de estar solteiro e também acho que o “single” pode ser traduzido como “único”, pela capacidade dele de guardar várias informações e anagramatizar praticamente todas as palavras.

– O nome Katherine foi escolhido por ser um nome bom para se fazer anagramas, pois contém a mistura certa entre consoantes e vogais.

Resumindo: vale a pena a leitura se você quer uma história divertida e envolvente. 🙂

Anúncios

Um comentário em “O Teorema Katherine”

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s